sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Desejo Sexual


Em nossa mente através dos nossos estimulos sensorias  ou seja ao ver algo excitante, sentir algum cheiro que provoque desejo, através de estimulos do toque como uma massagem ou mesmo de uma música romantica, ou também sabores afrodesiacos. Nasce o desejo,  através de um simples olhar ou algo mais fisico. A medida que cresce os estimulos aumentam também a liberação de substâncias quimicas pelo organismo e que os estimulos e que culminarão com as sensações.
Tanto o corpo da mulher como o corpo do homem passam por modificações fisiológicas durante a excitação sexual. Na mulher a vagina se expande, relaxando-se para permitir a penetração, lubrifica-se para facilitar os movimentos sexuais, o clitóres se intumesce, tornando-se mais sensível ao contato fisico, os grandes lábios costumam se retrair e os pequenos lábios aumentam o tamanho.
Nos neurônios do centro  do prazer existem receptores (neuroreceptores) especifico para compostos quimicos produzidos pelas células cerebrais chamadas endorfinas. Estas endorfinas têm uma composição quimica similar a da morfina e provocam, uma sensação de euforia,  bem estar, e alivio da dor. Isso explica por que muitas vezes o tapinha de amor não doi.
Além da endorfinas, os hormonios também estão envolvidos na questão do desejo sexual. Nas mulheres a atração sexual e a receptividade dependem também dos estrógenios, mas é ao testosterona que estimula o desejo sexual, tanto nos homens como nas mulheres. Este hormônio tem um papel fundamental no funcionamento dos centros sexuais.
O orgasmo não é o fim , nem a única coisa que importa. Como se chega ao climax é parte crucial na satistação sexual.
As mulheres desejam ter orgasmo durante a penetração, mais é a minoria que consegue isto durante o ato sexual sem alguma outra ajuda, pois saibam que sete em cada dez mulheres precisam de estimulação direta no clitóres durante o ato sexual.
Uma regra da conquista do prazer – Experimente.Faz parte das sensações, do prazer , da novidade, da cumplicidade a dois experimentar as coisas.planeje, diga o que quer experimentar, crie a expectativa para si e para o outro, se precisar colha informações e vá a luta, o máximo que vai acontecer é você não gostar, sem ter que se conformar de nunca ter tentado.
Exite varias formas de se ter prazer e inumeras formas de amor, conheça e ame seu corpo, assim você terá mais facilidade de se liberar. Proporcionando maior prazer a você ao seu parceiro.
Sedução. Se você tem algum tema de sua preferência sobre sexualidade ou sensualidade? Duvidas sugestões? Não precisa se identificar. Escreva-me respondo na coluna ou e-mail.    redacao@jornalportal.comcom.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário